Assunto de Hoje

domingo, 27 de junho de 2010

Um poema de Isabel!!!


Agora assim..Apavorada !!

Eu podia dizer a você que eu pertencia a mim mesma, "dona de mim"
sim a que não pedia nada ... era assim firme e forte
Eu era a mais segura aquela cujo coração era totalmente " domado"
assim sem medo de nada nem de ninguém,
Podia me expor, nada iria me atingir eu sabia disso, tinha absoluta
certeza que as rédeas do "assunto" estavam em minhas mãos, seguras.
No decorrer de minha vida cada ano me assegurava mais de minha condição
de mulher protegida , cheia de afirmações lógicas e matematicamente corretas.
Eu era assim não existia "meio termo"... Segura , firme sem medo de que algum
dia meu coração fosse "fisgado" por quem quer que fosse.
Mas ele foi, sim foi arrebatado, de repente, sem que eu notasse, no inicio achei
que era bobagem, coisa de adolescente , eu devia estar com os hormônios em
ebulição, só podia ser isso.. Todos os risos, a toda hora, eu só podia estar “maluca”.
O tempo passou os dias se seguiram .. eu ia melhorar, com certeza, era só um
rebate falso, questão de dias e tudo voltaria ao normal. Aquela euforia iria passar
eu sabia disso, já havia visto em alguma amigas, mas elas não eram "eu"...
Eu era determinada, sabia que não podia e nem queria me apaixonar por ninguém!
Dai....... Todos os dias...cada dia ... Esse sentimento que nunca havia se apossado
de mim, não deixou que eu sequer tivesse qualquer atitude e dizer NÃO. E fui amar
perdidamente, porque quando julga-se ser imbatível vem a efeito e te diz que
você esta errada.. Não resisti ao teu amor, não resisti a tudo que você foi e é pra mim ..
Não pude ser a politicamente correta como sempre achei que fosse.. Me perdi em
você ... te amei ... te amo tanto... Eu não posso continuar com isso, tenho que parar
porque fiz tudo errado.. com isso magoei você .. Agora fico aqui
pensando no que poderia ter sido não fosse esse meu jeito de ser, essa minha mania
de não me entregar por medo ... Medo!!! Agora estou com medo ... Um pavor indescritível
de não ter você, porque ainda te Amo
E se me conheço bem vou amá-lo por tanto tempo que me apavora, pensar em sua partida.

Isabel
29/11/2009


eu vou sempre amar você



Um comentário:

  1. Lindo o seu blog amiga,isso pega mesmo,rsrs,fica com DEUS,beijão

    ResponderExcluir